você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Scrum: Visão do Produto, Storyboards, Role Playing e o Backlog

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 29 de Outubro de 2014

Enquanto faço a revisão técnica do livro The $1 Prototype, do Greg Nudelman, lembro de vários exercícios que costumo fazer com as turmas de meus cursos e com as equipes para as quais atuo como coach de métodos ágeis. Conheci o Greg na época em que traduzi seu livro Padrões de Projeto para Android. Acabei sugerindo sua participação na Latinoware, em 2013, e nos tornamos amigos. Temos muita similaridade em nossa prática profissional e seu novo livro deve ser lido por todos aqueles que adotam métodos ágeis, em especial os que exercem, no Scrum, a função de Product Owner.

O Product Owner é o responsável pelo Product Backlog, a lista priorizada de funcionalidades que devem ser contempladas em um produto a ser desenvolvido. Na criação desse Product Backlog eu gosto de usar ferramentas como Mapas Mentais ou o Product Canvas - especialmente útil quando já existe uma familiaridade da equipe com o Business Model Canvas, o que costuma ser verdade no caso de startups.

Para comunicar a visão do produto à equipe de desenvolvimento e a patrocinadores potenciais, nada melhor do que um Storyboard, uma história em quadrinhos, que mostra como o produto ou serviço será utilizado e o Role Playing, o "teatrinho" onde os membros da equipe demonstram os casos de uso com protótipos de baixa resolução, como os de papel.

O Greg colocou, em seu canal do Youtube, uma série de exemplos de Storyboards:

O melhor exemplo de Role Playing usando protótipo de papel é esse aí embaixo, feito pelo pessoal do LTIA da Unesp:

Uma das grandes fraquezas na implementação de uma boa ideia é deixar de lado seu teste prematuro. É claro que, quando temos uma ideia, achamos ela fantástica. Mas não adianta nada que nós apenas achemos isso. O Greg recomenda que, tão cedo quanto possível, o Storyboard e o protótipo de papel sejam levados a uma cafeteria e que a ideia seja testada com desconhecidos. Isso costuma ser muito mais barato e eficiente do que longas pesquisas de mercado. Isso também requer uma imensa cara de pau, mas a cara de pau é necessária para aqueles que querem transformar ideias em produtos. Você pode ouvir coisas como "não gostei", "isso não é para mim, mas conheço quem adoraria esse produto", "muito bom, mas eu não compraria esse serviço porque falta isso e aquilo"... Anote tudo e ajuste seu Product Backlog.

Quando se trabalha com métodos ágeis, é importante falhar rapidamente para não insistir em um erro durante todo o desenvolvimento de um produto. Por isso os testes com a história em quadrinhos e o protótipo de papel são tão importantes. Você já deve ter ouvido isso, mas não custa repetir: errar no papel é muito mais barato!

Leia mais:

The $1 Prototype

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod