você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

SCRUM e Planejamento Estratégico - Parte 1

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 14 de Fevereiro de 2007

Na Solis, Cooperativa de Soluções Livres buscamos fazer do exercício de planejamento estratégico um processo de melhoria contínua. Temos em mente que o resultado do planejamento não é um "plano" bonito , mas a continuidade e expansão de nossos negócios, com foco na qualidade de vida dos nossos associados e na satisfação de nossos clientes. Tivemos várias fases de amadurecimento em nosso planejamento, que divido em, basicamente , quatro:

  1. Pré-Solis (entre 2001 e 2003): Ainda no Centro Universitário Univates, quando, junto a reitoria, a Brod Tecnologia montou a estratégia que deu origem à Solis, com a terceirização do CPD da instituição;

  2. Fundação (entre 2003 e 2004): Com a liderança do administrador de empresas e primeiro presidente da Solis, João Alex Fritsch, quando construímos em conjunto nossa lista de princípios, missão e visão da cooperativa, delineando melhor também nosso modelo de negócios;

  3. Consolidação (entre 2004 e 2006): Marcone Luis Theisen, diretor comercial da Solis, formatou os exercícios anteriores dentro de uma metodologia mais clássica e buscou orientar o foco do planejamento para a expansão dos negócios da cooperativa, com uma melhor análise dos ambientes internos e externos;

  4. Dinamização (entre 2006 e 2007): Neste ponto, na função de consultor estratégico do conselho administrativo da cooperativa, retomei os trabalhos anteriores, especialmente o do Marcone e, trabalhando mais com o próprio conselho administrativo e, eventualmente, com os coordenadores de área, buscamos trabalhar três focos comerciais distinto s e agilizar o processo de tomada de decisão.

Uma rápida passada pela seção de administração de uma boa biblioteca irá nos mostrar uma série de métodos para a implantação de um planejamento estratégico, todos com suas vantagens e desvantagens de acordo com o tipo de empresa e negócio para o qual tais métodos serão aplicados. O general de campo alemão Erwin Rommel costumava dizer que "a melhor estratégia é um fracasso se não é possível a sua execução tática". Em uma recente apresentação de nivelamento sobre conceitos de planejamento estratégico, o administrador, e também associado da Solis, Maico Schmitz, lembrou do diálogo entre Alice e o Gato, na história de Lewis Carroll htt:

Alice encontra um gato e pergunta: Como posso sair daqui? O gato respondeu: Isso depende muito de para onde você quer ir. Alice explica: Não quero ir para lugar nenhum. Apenas, sair daqui. O gato retruca: Se você não vai para lugar nenhum, qualquer direção serve."

Simplificando, em um planejamento estratégico, a "estratégia" é o lugar onde se quer chegar, a "tática" é o caminho a ser seguido e o "operacional" é a busca constante da melhor, mais eficiente forma de se seguir este caminho.

Pois bem, estamos justamente entrando em uma nova fase do planejamento estratégico da Solis, para a qual eu provavelmente darei o nome de "Democratização" em um artigo futuro sobre o assunto. Nesta fase, com a colaboração da maioria dos associados, estamos buscando justamente a melhor metodologia para envolver toda a cooperativa no planejamento, cerca de 40 pessoas. Ao mesmo tempo, estou trabalhando no próprio planejamento estratégico da Brod Tecnologia, uma empresa de três pessoas que busca, no mercado, profissionais quando envolve-se em projetos nos quais eles sejam necessários. Quem leu a minha série de artigos sobre o SCRUM sabe que tornei-me fã desta metodologia. Assim, fui procurar se havia algo que eu pudesse aprender sobre o uso do SCRUM no apoio ao planejamento estratégico.

Logo foi possível associar o "Product Backlog" com o plano tático, os caminhos a serem seguidos para que os objetivos estratégicos sejam atingidos. O "Sprint Backlog" pode ser a ferramenta de acompanhamento operacional, mais próximo do dia-a-dia do percurso do caminho. Antes disto, porém, como podemos usar algumas idéias e o ferramental que o SCRUM disponibiliza para definirmos, em grupo, as estratégias de uma empresa?

Como já sei que a curiosidade matou o gato, deixo aqui os dois links que são a base principal da seqüência deste artigo:

  1. A apresentação SCRUM: One Person's Perspective, de Reginald Braitwaithe-Lee
  2. A apresentação do professor finlandês Pekka Abrahansson para o VTT Technical Researche Centre

Até a semana que vem!

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod