você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Será que precisamos de 4 GB de memória RAM

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 30 de novembro de 2011

Sempre que eu penso em comprar computadores, eu me sinto desconfortável quando penso em comprar computadores com menos de 4 GB de RAM. Mas será que este desconforto é baseado em algo real? Será que precisamos mesmo de computadores com 4 GB ou mais de memória RAM?

Pensando nisto, instalei em meu desktop um monitor de sistema, indicando consumo de CPU e memória. O meu computador é da marca Lenovo, e o processador é do tipo Intel(R) Core(TM)2 Duo CPU, E8400, @ 3.00GHz (informações obtidas com o comando cat /proc/cpuinfo).

Quanto à memória:

  hwinfo --memory
  01: None 00.0: 10102 Main Memory
    [Created at memory.61]
    Unique ID: rdCR.CxwsZFjVASF
    Hardware Class: memory
    Model: "Main Memory"
    Memory Range: 0x00000000-0xcce79fff (rw)
    Memory Size: 3 GB + 256 MB
    Config Status: cfg=new, avail=yes, need=no, active=unknown

Embora o sistema tenha oficialmente 4 GB de RAM, o comando hwinfo registra apenas 3 GB, que é a quantidade de memória que o sistema operacional efetivamente utiliza.

Baseando-me no olhômetro, eu constatei que muito raramente a taxa utlização de memória do sistema excede 50%. A taxa de utilização da CPU também muda muito pouco, situando-se por volta dos 10 a 15%.

Mas constatações baseadas no olhômetro não são muito úteis. Para confirmar o meu sentimento, deixei o programa vmstat rodando por algumas horas para ver se eu estava correto.

O comando que eu utilizei para coletar os dados foi:

  vmstat -a -n 5

A diretiva -a exibe a quantidade de memória em uso e inativa. A diretiva -n instrui o comando vmstat a coletar os dados a cada 5 segundos.

Segundo os dados coletados, a média de utilização de memória se situou por volta de 1.89 GB. Tipicamente, eu uso um browser, normalmente o Firefox, LibreOffice e terminais. Ao invocar o Libreoffice, o consumo de memória não se altera. O consumo máximo de memória foi de 1.9 GB e o mínimo foi de 1.83 GB.

Ou seja, a maior parte do tempo eu trabalho com aproximadamente a metade da memória nominal do sistema.

Mas como em assuntos de hardware eu sou extremamente amador, resolvi conduzir uma pesquisa, para obter os dados com quem entende.

No artigo Do You Really Need More Than 6 GB Of RAM?, escrito em 7 de abril de 2009, por Thomas Soderstrom, mantenedor do site Tom's Hardware, as conclusões são ainda mais surpreendentes. Os testes conduzidos avaliaram situações que tradicionalmente julgamos extremamente pesadas, como por exemplo, o uso de jogos. Foram feitas comparações com sistemas usando 12, 6 e 3 GB de RAM. Em linhas gerais se conclui que 12 GB de RAM (ou mesmo 6 GB), só se justificam em servidores. Para uso comum, diário, é um grande desperdício. O autor relata também que para cada pente de 2 GB acrescentado ao sistema, o consumo de energia cresce em 10%.

Embora estes testes tenham sido conduzidos em 2009, considero que muitas das conclusões ainda são válidas. Seus comentários são muito bem vindos.


Doações para o CDI Campinas podem ser descontadas do Imposto de Renda

O CDI Campinas é uma organização não-governamental sem fins lucrativos que, desde 2000, desenvolve o trabalho pioneiro de promover a inclusão digital visando à inclusão social.



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida