você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

GPU - CUDA 5 na plataforma openSUSE 12.3

Colaboração: Alessandro de Oliveira Faria

Data de Publicação: 24 de abril de 2013

Agora o CUDA 5 é composto de um único instalador provendo o CUDA Toolkit, SDK (códigos de exemplo) e driver para os desenvolvedores.

Ao instalar esta versão, me deparei com alguns contratempos em função do kernel 3.7 e/ou GCC 4.7. Para facilitar o caminho de todos os desenvolvedores openSUSE, deixo esta dica sobre como obter sucesso na instalação.

Para começar, efetue o download do driver versão NVIDIA-Linux-x86_64-310.40.run no link: http://www.nvidia.com.br/Download/index.aspx?lang=br

Ou, instale a partir do repositório com o comando a seguir:

  # zypper ar -f ftp://download.nvidia.com/opensuse/12.3/ nvidia 

Atenção: os pacotes necessários (requisitos obrigatórios) para a instalação do driver são "freeglut-devel" e "kernel-source".

Após a instalação do driver, efetue o download do pacote CUDA e execute a sua instalação com os parâmetros "toolkit", "samples" e "override":

  $ su
  # ./cuda_5.0.35_linux_64_suse12.1-1.bin -toolkit -samples -override 

Desabilitando a checagem do GCC

Altere a linha 80 do arquivo /usr/local/cuda-5.0/include/host_config.h conforme, o exemplo abaixo:

  #if __GNUC__ > 4 || (__GNUC__ == 4 && __GNUC_MINOR__ > 7)
  1. Agora crie um arquivo com o nome: /usr/local/cuda-5.0/include/__cuda_gcc47_fix.h
  2. Insira o seguinte conteúdo:
      #undef _GLIBCXX_ATOMIC_BUILTINS
      #undef _GLIBCXX_USE_INT128
    

Agora, faremos uma pequena adaptação no compilador da NVIDIA, adicionando um parâmetro:

  # cd /usr/local/cuda-5.0/bin
  # mv nvcc nvcc.bin 
  
  # echo '#!/bin/sh
  $0.bin --pre-include __cuda_gcc47_fix.h $@' > nvcc 
  
  # chmod +x nvcc

Agora, se tudo estiver devidamente configurado e funcionando, basta mudar para a pasta /usr/local/cuda-5.0/samples, compilar os exemplos e executá-lo:

  # cd /usr/local/cuda-5.0/samples
  # make
  # cd bin/linux/release/
  # ./smokeParticles
Clique para ver a imagem ampliada

Importante: este documento se tornará desnecessário quando o CUDA tornar-se compatível com o GCC 4.7 e openSUSE 12.3.

Artigo publicado originalmente no portal Viva o Linux



Veja a relação completa dos artigos de Alessandro de Oliveira Faria

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script